Uncategorized

Sindicância apura irregularidades no setor de tributos da Prefeitura Municipal de Cajazeiras e recomenda exoneração de comissionada do prefeito Zé

Por - 20 de junho de 2022 - 18:09

Após sucessivas denúncias sobre recebimento de propina, comissionada que havia denunciado auditor de Carreira recebe recomendação de exoneração!

Sindicância apura irregularidades no setor de tributos da Prefeitura Municipal de Cajazeiras e recomenda exoneração de comissionada do prefeito Zé

O setor de tributos da Prefeitura Municipal de Cajazeiras, tem sido um celeiro nefasto para disputas acirradas entre alguns servidores. Desta feita, a celeuma criada se deu entre um auditor fiscal de tributos e uma servidora, a qual exerce um cargo de provimento em comissão. Após trocas de farpas entre os dois, e após a acusação infundada contra a pessoa do auditor, de que este estaria recebendo propinas no setor de tributos, (onde atua profissionalmente) para a facilitação de práticas ilegais, uma sindicância foi instaurada e a comissão permanente, responsável pela apuração de ocorrências desta natureza, encerrou o processo administrativo, isentando o servidor em questão destas acusações, por julgar que teriam sido infundadas e movidas por motivos pessoais.

A comissionada  e acusadora em questão, a Sra. Elaine Saraiva Pereira, viu o tiro sair pela culatra, quando recebeu um parecer desfavorável por parte da Comissão Permanente de Processo Administrativo Disciplinar e Sindicância –  que em seu relatório final, após apurar os fatos e ouvir as testemunhas arroladas, deixou claro haver identificado as reais motivações para as acusações infundadas proferidas por ela, que é comissionada do prefeito Zé Aldemir, (inclusive trazendo a recomendação para que seja exonerada do cargo que ocupa) contra o auditor fiscal de tributos, o Sr. José Judivan Bento Araújo, sobre quem aquela comissão não encontrou nada de irregular quanto à conduta até então apresentada em suas atividades profissionais.

VEJA O QUE DIZ O PARECER FINAL DE JULGAMENTO DA SINDICÂNCIA 001/2022, EMITIDO PELO SECRETÁRIO DE ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL DE CAJAZEIRAS!

Para a Comissão, restou provado que a acusadora, Sra. Elaine apenas teve o firme propósito de macular a imagem do servidor (auditor de carreira) do referido setor, com a única finalidade de lhe acarretar prejuízos pessoais e de ordem moral, maculando a imagem idônea e correta que este sempre demonstrou em seu ambiente de trabalho.

Da Redação.

Notícias relacionadas