Cidades

Funcionários da saúde do município planejam greve por falta de pagamento da folha de novembro. Ouça áudios!

Por - 13 de dezembro de 2021 - 19:11

A articulação está sendo feita através do SINFUMC e viralizou na manhã de hoje através das redes sociais.

Funcionários da saúde do município planejam greve por falta de pagamento da folha de novembro. Ouça áudios!

 

Os servidores públicos municipais, lotados na Secretaria de Saúde, estão se organizando, para uma possível deflagração de greve, ocasionada pela falta de pagamento da folha referente ao mês de novembro, segundo se tomou conhecimento nesta segunda-feira, dia 19 de dezembro.

Até a presente data, os referidos servidores municipais ainda não receberam os seus proventos, como lhes é de direito, por parte da Prefeitura Municipal de Cajazeiras. A informação é verídica e pode ser comprovada através de áudios de WhatsApp, os quais foram divulgados e encaminhados à esta redação na manhã de hoje, posto que circulam e estão amplamente difundidos em vários grupos, da citada rede social.

Em um dos áudios se pode ouvir com clareza a indignação demonstrada por um dos servidores, que contradiz a atual secretária de saúde do município, a qual na manhã de hoje, segunda-feira, dia 19/12/2021, declarou em nota enviada a um famoso programa radiofônico local, que a falta de pagamento aos servidores da saúde, se faz impossível até o presente momento, pelo não recebimento de recursos federais, comumente destinados ao pagamento da folha da saúde.

Ouçam primeiramente o áudio do programa radiofônico local, no qual a secretária concedeu a entrevista!

Em seguida, ouçam o segundo áudio, desta feita , contendo a fala do servidor que contradiz a justificativa dada pela secretária!

Mesmo tendo anunciado aos quatro cantos, que o pagamento dos funcionários públicos vinha sendo pago rigorosamente dentro do mês trabalhado, o atual prefeito constitucional, juntamente com a sua equipe, dão, uma vez mais, claras demonstrações do completo descaso e do absoluto desrespeito para com os servidores da saúde do município. E com isto provam novamente o que já é de conhecimento público, não possuírem a competência necessária para prosseguirem gestando um município do porte de Cajazeiras.

Da Redação.

 

Notícias relacionadas