Cajazeiras: a síntese do abandono!

Por - 24 de novembro de 2018 - 21:16

O descaso na saúde, na educação e também para com a zona rural é o retrato fiel de uma gestão fadada ao declínio.

Cajazeiras: a síntese do abandono!

O descaso na saúde, na educação e também para com a Zona Rural, vem marcando significativamente e de forma muito negativa a atual gestão municipal. Não é novidade que o prefeito Zé Aldemir comete um desmando após o outro.

É tanto desmantelo, é tanta inoperância, que faltam adjetivos para qualificar os desastres de uma administração que ainda não disse a que veio. Parece mesmo que era apenas um capricho pessoal , uma forma de desafiar os seus adversários políticos com o que ele chama de “tomada do poder”, com a finalidade já esquecida de “fazer do jeito certo”.

Na tarde de hoje, por volta das 14 horas, ao passar ao lado da Praça da Prefeitura Municipal, um vereador oposicionista flagrou e registrou imagens que notoriamente falam por si mesmas: animais soltos nas ruas, e um saco enorme de lixo jogado na calçada ( e não dizem que a coleta é feita no Centro em todos os dias da semana?) Não há manutenção da limpeza das ruas do Centro que está completamente às moscas. Definitivamente não está sendo realizada pelos setores competentes a devida vigilância e um trabalho efetivo do Centro de Zoonoses local no sentido de recolher os animais que perambulam pelas ruas, pondo em risco a integridade e a saúde tanto dos transeuntes, quanto deles mesmos.

VEJAM AS IMAGENS QUE COMPROVAM A DENÚNCIA!

É esta senhores(as) internautas, a síntese da gestão do atual prefeito de Cajazeiras: o abandono dos postos de saúde que funcionam minimamente (falta tudo, desde gases até medicamentos dos mais simples ) sem oferecer qualquer condições condignas de trabalho para os profissionais de saúde que neles atuam; a Zona Rural em completo abandono (sem que as estradas tenham sido concluídas) e para pôr a cereja no bolo, um cavalo e outros animais, à exemplo de cães e gatos em grande quantidade às soltas pelas ruas do Centro.

Esperamos uma resposta que se faz urgente e  a adoção das medidas cabíveis advindas do poder público municipal. Reveja o projeto político apresentado falaciosamente aos eleitores que o honraram com o voto nos idos e famigerados anos de 2016, senhor prefeito!

Já estamos praticamente às portas de 2019, penúltimo ano desta gestão dos desastres e muito pouco se fez.

Da Redação.

 

Notícias relacionadas