Descaso na Saúde de Cajazeiras! Ministério da Saúde suspende recursos federais do Programa Melhor em Casa

Por - 21 de novembro de 2018 - 17:18

Após perder seis UBS, Cajazeiras agora perde recursos federais do Programa Melhor em Casa

Descaso na Saúde de Cajazeiras! Ministério da Saúde suspende recursos federais do Programa Melhor em Casa

Por falta de conhecimento, completa inoperância e por causa do descalabro administrativo, do completo caos instaurado na saúde de Cajazeiras, que vem sendo vitimada pela inoperância e incompetência de uma gestão que entrará para a história como a que mais desmandos tem cometido em desfavor da população cajazeirense.

Após perder seis UBS’s, como inclusive já é de conhecimento público, esta redação obteve a informação de que através de uma portaria emitida com data de 14 de novembro de 2018, o Ministério da Saúde resolveu (com o poder que lhe é atribuído) suspender os recursos federais que custeiam o Programa Melhor em Casa.

Veja o que diz a Portaria, que inclui em seu anexo o nome de Cajazeiras e menciona a suspensão!

portaria 3651

 

 

O Programa Melhor em Casa é uma modalidade de atenção à saúde ofertada diretamente no domicílio do paciente e que se caracteriza basicamente pelo conjunto de ações que visam promover a saúde, com políticas de intervenção de caráter preventivo e da realização do tratamento de enfermidades e auxílio profissional nos processos de reabilitação, o seu diferencial mais qualitativo se constitui na comodidade de poder ser realizado na própria ambiência doméstica. Se objetiva a garantir condições efetivas para o cuidado, integrado à Rede de Atenção à Saúde. Para tanto, é ofertado levando em consideração as necessidades do paciente e conta com a participação de uma equipe multidisciplinar composta de vários profissionais de saúde. A presença do médico é imprescindível e primordial.

Entretanto, não pode o município participar do Programa se as informações requeridas pelo MS não forem inseridas no sistema de atendendo as exigências de periodicidade estabelecidas.

O questionamento é inevitável: Até quando a população padecerá dos males que são causados pela incompetência e a má gestão da saúde em Cajazeiras?

Uma ação tão simples, apenas uma atualização que deixou de ser realizada periodicamente no Sistema, com a inserção de dados contendo os nomes dos profissionais atuantes no Programa, provocou todo este prejuízo. Por causa deste descaso (mais um descaso) Cajazeiras deixa de receber os recursos que custeiam o Programa Melhor em Casa, conforme revela e comprova a portaria em anexo a esta matéria.

Quem deveria fiscalizar não o faz como o devido, porque a saúde em nossa cidade, a contratação de profissionais para os espaços de saúde, passa prioritariamente pelo apadrinhamento político e não por um critério de escolha que se baseie na qualificação profissional propriamente dita.

Deste modo, as consequências só poderiam ser desastrosas, com a corda sempre arrebentando do lado mais fraco, o do povo, obviamente!

Da Redação.

 

Notícias relacionadas