Zé Aldemir fez esquema de cargos para eleger esposa, denuncia vereador

Por - 24 de outubro de 2018 - 09:06

“Aldemir, você é mentiroso, falso, hipócrita”, disparou Jucinério Félix; parlamentar ainda sugeriu que gestor não votou em Lucélio, mas sim em Maranhão

Zé Aldemir fez esquema de cargos para eleger esposa, denuncia vereador

 

O vereador Jucinério Félix (PPS), que integra a bancada do prefeito José Aldemir (PP), fez fortes declarações contra o gestor cajazeirense. O parlamentar insinuou que Aldemir não votou em Lucélio Cartaxo (PV) para o Governo do Estado, mas sim em José Maranhão (MDB) e mais: pediu para o prefeito demitir os “laranjas” que nomeou na região para eleger sua esposa Paula Francinete (PP) como deputada estadual.

O vereador começa o discurso, que aconteceu na Casa Otacílio Jurema, dizendo que a maior virtude do ser humano é gratidão e isso o atual prefeito não tem. “Em toda minha militância nunca vi uma pessoa tão ingrata, tão rancorosa, tão perseguidora, como esse prefeito atual de Cajazeiras. Prefeito José Aldemir, o voto de cabresto, o voto do coronel, acabou. Tivemos que engolir a sua mulher candidata a deputada”, afirmou Félix.

Ainda conforme Jucinério, Aldemir além do voto para a Assembleia Legislativa da Paraíba, o prefeito começou a definir os votos e “empurrar” para seu grupo político. Não houve diálogo com os integrantes de sua bancada, deputado federal e senadores também foram decididos pelo progressista e impostos ao resto do grupo. “Ele quer fazer política ele bem grandão e enorme, e todos ao redor dele do tamanho de uma formiga. É dessa forma que ele quer fazer política em Cajazeiras”, disse.

Jucinério também disse que na prefeitura existem servidores que tem função de “babão”, porque sequer sabem redigir um ofício. “Na rádio hoje dizer que não votei na sua mulher, seria a mesma coisa dizer, como se fala na cidade, que você não votou em Lucélio Cartaxo, você votou em Maranhão”, disparou. “Mas não sei, não estava na urna para saber em quem ele votou. Então ele também não sabe em quem votei”, completou.

“Prefeito José Aldemir, você é mentiroso, falso. Eu nunca pedi dinheiro a você para votar em candidato seu. Você é mentiroso. Hipócrita. Desafio o senhor para provar que lhe pedir dinheiro para votar em candidato seu”, bradou Jucinério.

Esquema de cargos
O vereador denunciou que o prefeito Zé Aldemir fez um “balcão de negócios” e ofereceu cargos nas prefeituras da região para garantir votos à sua esposa, Paula Francinete, para ser eleita deputada estadual.

“Comece a demitir os cargos comissionados da região, funcionários fantasmas, que o senhor nomeou para votar na sua mulher”, denunciou o vereador. “Agora diga que é mentira, para eu dizer os nomes”, assegurou. Inclusive, de acordo com Jucinério, existem “médicos ganhando salários altos” e sequer cumprem a carga horário no município.

O parlamentar disse a partir do pronunciamento será um vereador independente, votando nas matérias com sua própria convicção.

Notícias relacionadas