Suspeitas indicam que dinheiro de corrupção “pode” ter financiado a campanha de Zé Aldemir em Cajazeiras nas eleições de 2016

Por - 21 de agosto de 2018 - 09:41

As suposições se baseiam em conversas mantidas pelo Whatsapp entre dois dos delatores e que vieram à público durante deflagração Operação Cidade Luz que já derrubou dois prefeitos de importantes cidades da PB E RN. Cajazeiras foi mencionada duas vezes!

Suspeitas indicam que dinheiro de corrupção “pode” ter financiado a campanha de Zé Aldemir em Cajazeiras nas eleições de 2016

 

Suspeitas levantadas nos últimos dias, nas delações feitas ao MPPB por força da Operação Cidade Luz, – deflagrada por aquele órgão Ministerial e que foi responsável pelo declínio de dois prefeitos, tendo sido um do  vizinho estado do Rio Grande do Norte (Prefeito Robson de Araújo de Mossoró/RN que está preso) e o outro da Paraíba, (Prefeito Dinaldinho de Patos, o qual inclusive fora afastado de suas funções por determinação da justiça), mencionaram o nome de Cajazeiras, acenando para a possibilidade da participação da Prefeitura de Cajazeiras, a qual hoje tem à frente de sua administração o prefeito José Aldemir Meireles.

Ora, não é difícil perceber e ligar os fatos; fazendo uma volta no tempo, que conforme indicam os prints das conversas mantidas entre dois dos delatores e recuperadas pelos peritos da justiça, onde se pode “supor” que o esquema de corrupção envolvendo as empresas Real Energy e Enertec Ltda e as prefeituras das cidades comprovadamente envolvidas, segundo a investigação do MP, que há em determinado ponto, uma menção clara ao município de Cajazeiras na data exata de 05/01/2017, numa alusão que pode relacionar os fatos.

Supondo, e apenas supondo, que Cajazeiras esteja mesmo imersa neste mar de lama no qual estão mergulhadas até o pescoço as cidades de Patos(PB)  de Mossoró(RN), se pode entender que talvez a campanha do atual prefeito da Terra do Padre Rolim, “possivelmente” tenha sido financiada por este esquema criminoso. As conversas parecem ser diálogos nos quais se está comemorando o acerto já firmado entre as partes.

Veja os prints disponibilizados nos autos da denúncia oferecida pelo MP nos quais a cidade de Cajazeiras é por duas vezes, categoricamente mencionada!

 

No entanto, salientamos que desconhecemos que existam (ou não vieram à público até o presente momento) dados novos que se façam comprovadores definitivos da tal participação da prefeitura de Cajazeiras, ou seja, não se sabe ao certo se a negociação chegou a ser concretizada.

Deste modo, o Farol do Sertão abre o espaço para que o Sr. Prefeito José Aldemir Meireles, se pronuncie acerca de tais fatos, se assim o desejar.

Duas perguntas não querem calar:

1) O que o MPPB tem a dizer acerca deste assunto, como tem efetivamente avançado as investigações que apontam para uma suposta participação de Cajazeiras neste contexto?

2) O que o Sr. Prefeito constitucional tem a dizer a este respeito?

Esperamos pelas respostas a estes dois questionamentos num entendimento de que a sociedade cajazeirense merece respostas verdadeiras e objetivas.

Deste modo, o Farol do Sertão abre o espaço para que o Sr. Prefeito José Aldemir Meireles, se pronuncie acerca de tais fatos, se assim o desejar.

Da Redação.

 

Notícias relacionadas