Poluição! Lixo tóxico advindo do aterro sanitário em Cajazeiras, causa desconforto e revolta na população.

Por - 2 de junho de 2018 - 15:23

A intensa fumaça contendo gases tóxicos, está sendo inalada pela população desde a tarde de ontem!

Poluição! Lixo tóxico advindo do aterro sanitário em Cajazeiras, causa desconforto e revolta na população.

Desde o final da tarde de ontem (dia 01/06/18) perdurando por toda a noite, a Zona Sul de Cajazeiras está completamente tomada pela fumaça, emitida pela queima ilegal, feita de forma irresponsável no aterro sanitário de nossa cidade.

A cidade está em total desgoverno faz tempo, como bem já fora denunciado por este site, de forma insistente, todos sabemos que a saúde de Cajazeiras agoniza na UTI do descompromisso, do descaso e da inoperância de uma administração ineficaz e obsoleta.

Estamos imersos em um Mar de incompetência e transgressões legais, que se alastra por todos os segmentos administrativos e que agora se acentua quanto ao abandono da vida humana.

Quanta ironia do destino, termos um médico como Prefeito Constitucional! Um gestor que ao longo destes 18 meses, vem provando a sua ineficiência, dia após dia! Vem provando que a escolha democrática feita pela maioria nas últimas eleições municipais, havidas em 2016, foi um dos maiores equívocos de todos os tempos.

A emissão de gases tóxicos provenientes do lixo queimado, já se faz perceptível no ar e está impregnada em todos os pontos mais próximos do lixão, adentrando as residências, causando grande desconforto na população e colocando em risco a saúde dos moradores daquelas proximidades e de seu entorno. Vale lembrar que esta prática é ilegal e sua proibição regulamentada por lei!

A proibição expressa, está contida na Lei nº 12.305/2010, publicada em 02 de agosto de 2010,  através do seu Art. que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos: ”

CAPÍTULO VI

DAS PROIBIÇÕES

Art. 47.  São proibidas as seguintes formas de destinação ou disposição final de resíduos sólidos ou rejeitos:

I – lançamento em praias, no mar ou em quaisquer corpos hídricos;

II – lançamento in natura a céu aberto, excetuados os resíduos de mineração;

III – queima a céu aberto ou em recipientes, instalações e equipamentos não licenciados para essa finalidade; 

IV – outras formas vedadas pelo poder público.

 

A situação é gravíssima porque atinge diretamente uma parcela da população que é mais frágil (à exemplo de idosos e crianças) e por isto, mais susceptível às doenças respiratórias que certamente virão por causa da fumaça tóxica que estão inalando desde ontem.

Há notícias de que o Sr. Prefeito tentar fazer a transferência da culpa para a gestão anterior, que tinha à frente a ex-prefeita Denise Albuquerque. Transferência que não encontra o menor cabimento!

É de conhecimento da população que a ex-prefeita, deixou um verdadeira frota de carros especialmente direcionada à compactação do lixo no aterro, para que justamente fosse evitada este tipo de situação periclitante que agora vivemos: 04 caçambas novas, 03 enchedeiras e 02 Patrol.

No entanto, a incompetência da atual gestão é demasiadamente vergonhosa!

O pré-candidato Júnior Araújo, postou em sua página no Facebook na manhã de hoje (dia 02/06/18), uma nota de repúdio quanto à lamentável situação de descaso para com o lixão de nossa cidade.

Veja a íntegra da postagem do ex vice-prefeito de Cajazeiras!

“O descaso, o desmantelo do desgoverno municipal chegou agora ao “lixão” da cidade, outrora aterro sanitário. Moradores de toda a cidade, especialmente da zona sul de Cajazeiras (PB) estão sofrendo com essa fumaça tóxica provocada pela falta de manutenção do aterro sanitário.

A situação é muito crítica, atinge bebês, crianças, idosos, anciões que estão sendo penalizados por a irresponsabilidade de um gestor e de um governo que não disse para que veio e que mesmo pagando milhões e milhões de reais em locações de máquinas à apadrinhados políticos não conseguem se quer fazer a manutenção do lixão permitindo que chegue ao ponto que chegou.

Deixo a pergunta: quando esse Prefeito vai assumir e administrar Cajazeiras?”

Da Redação.

Notícias relacionadas