Pânico começa a se instaurar e preocupa população de Cajazeiras sobre uma possível epidemia da gripe H1N1

Por - 28 de maio de 2018 - 01:08

Mortes recentes em Cajazeiras, apontam que as mortes supostamente tenham sido ocasionadas por este tipo específico de gripe.

Pânico começa a se instaurar e preocupa população de Cajazeiras sobre uma possível epidemia da gripe H1N1

Nos últimos dias, um pânico vem sendo gerado para a população cajazeirense acerca de boatos que se espalharam nas ruas, dando conta da perspectiva de uma possível epidemia da gripe suína H1N1.

Na manhã de ontem, faleceu no Hospital Regional de Cajazeiras, a Sra. Marta Santana, de 46 anos de idade, embora não tenha sido diagnosticada com HIN, levantou na equipe médica que estava presente naquela unidade de saúde pública, a suspeita de óbito provocado pela gripe suína. Há rumores de que ela teria mesmo sido acometida pelo perigoso vírus.

Informações chegadas à esta Redação, de fontes confiáveis que trabalham no HRC e que optaram pelo anonimato – por medo de represálias e/ou perseguições, nos deram conta de que a possibilidade não estaria de todo descartada, visto que nenhum exame mais completo e mais apurado, fora realizado na paciente em questão.

Falta compromisso da gestão municipal, que tendo à frente o médico Dr. José Aldemir Meireles (que definitivamente não se importa com a saúde da população) – numa demonstração de total descompromisso para com os anseios e inquietações da população, se mantém inerte. Não há um estoque suficiente de vacinas que atenda à todos.

Ao atual Secretário de Saúde, o marqueteiro, Sr. Cristóvão Pinheiro, cabe a intensificação das campanhas de conscientização e alerta para o povo de nossa cidade, que se aflige por não saber a real situação na qual nos encontramos neste contexto. Cabe também a busca de recursos mais substanciais junto Ministério da Saúde de um número significativo de vacinas, que seja capaz de atender à demanda como um todo, para que nenhum cidadão fique exposto à um perigo tão letal!

Mais resolutividade e menos marketing, Sr. Secretário! Faça jus à confiança que lhe foi depositada!

Porventura, estaremos nós cajazeirenses, entregues à nossa própria sorte? Estaremos à mercê de uma surto da perigosa gripe H1N1 sem que sequer tenhamos conhecimento da dimensão do perigo que está à nossa espreita? Quantas vidas serão ceifadas (supostamente por ocasião deste provável surto epidêmico) para que medidas cabíveis sejam efetivamente tomadas à termo?

Chame o feito à ordem Sr. Prefeito Constitucional, faça jus ao juramento de Hipócrates, que um dia, em um passado bem longínquo, no momento de sua formação acadêmica, se propôs a honrar!

De maneira e ética e humanizada, priorize a vida humana, esqueça-se das benesses que estão lhe trazendo a vida pública, o erário é do povo, reverta-o de imediato em favor dele.

Rememore os seus discursos proferidos nos palanques durante a campanha que precedeu o seu ingresso no poder público!

Continuaremos de olhos e ouvidos bem atentos!

Da Redação.

 

 

Notícias relacionadas