Auditoria realizada pelo TCE na ALPB aponta para gastos irregulares e desvios de verbas públicas feitas por deputados estaduais na PB

Por - 18 de abril de 2018 - 14:04

Prefeito de Cajazeiras Zé Aldemir está entre os apontados pelos desvios de verbas da VIAP em 2016!

Auditoria realizada pelo TCE na ALPB aponta para gastos irregulares e desvios de verbas públicas feitas por deputados estaduais na PB

Com ampla veiculação pelos sites de notícias estaduais, está sendo divulgada por estes dias, uma informação de que o TCE-PB, realiza uma auditoria no âmbito da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) com a finalidade objetiva de fiscalizar gastos feitos com publicidade e propaganda, locação de veículos, combustíveis, dentre outras despesas administrativas, oriundas dos gabinetes dos deputados estaduais.

As investigações transcorrem em sigilo, porém, uma fonte de informação fidedigna (com contato direto junto à ALPB) tem se pronunciado na surdina, revelando à imprensa os detalhes sórdidos referentes aos últimos acontecimentos que se desdobram nos bastidores da ALPB.

A nível de Cajazeiras, como já fora também divulgado pela imprensa local, tanto falada quanto escrita, se tem conhecimento público de que as irregulares e os desvios de recursos da Verba Indenizatória de Apoio Parlamentar (VIAP) apontavam para a presença maciça do nome do atual Prefeito Constitucional de Cajazeiras e ex-deputado estadual José Aldemir Meireles.

Para relembrar! No documento apresentado pelos auditores do TCE-PB, em perícia realizada in loco, foram constatadas irregularidades referentes à gastos da VIAP, inclusive com a locação de imóvel para finalidades pessoais, custeada com os recursos públicos.

Foram apuradas as realizações de gastos pessoais feitos pelo Sr. Prefeito Zé Aldemir (à época Deputado Estadual) com locação de veículo de luxo para um Assessor Parlamentar, bem como da locação de um imóvel para fins lucrativos e pessoais do ex-deputado, onde funcionava uma Imobiliária fantasma, com despesas de aluguel forjadas através de notas frias, para justificar falaciosamente que o referido imóvel havia sido alugado para servir de apoio institucional às demandas de seu gabinete.

VEJA A ÍNTEGRA DO DOCUMENTO OFICIAL DO TCE-PB, CONTENDO O RESULTADO DO QUE FOI APURADO NAS INVESTIGAÇÕES DAQUELA ÉPOCA!

 

Se tem conhecimento também de que a referida apuração destes gastos irregulares e desvios do erário público, recebeu o nome de “OPERAÇÃO RADIOLA”, numa referência direta ao apelido carinhoso “ZÉ BRAÇO DE RADIOLA”, pelo qual é popularmente conhecido o Sr. Prefeito Zé Aldemir, entre os parlamentares da ALPB.

O Sr. Prefeito José Aldemir e a Primeira Dama ( ex- Secretária de Saúde do município e candidata à Deputada Estadual) Dra. Paula Francinete, achincalham, desafiam e fazem chacota do Ministério Público, e do próprio Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) afirmando categoricamente, inclusive por diversas vezes em ocasiões onde prestaram entrevistas à emissoras de rádios de Cajazeiras, não temerem uma apuração séria e efetiva impulsionada por estes órgãos públicos.

Disse ainda o prefeito Zé Aldemir, sem pedir segredo, que considera tais órgãos, tanto o MPE, quanto o TCE-PB, apenas como órgãos auxiliares de outros poderes, não sendo exatamente, poderes constituídos.

Da Redação.

Notícias relacionadas