Suspeita de fraude em licitação de carros no município de Cajazeiras, provoca decisão drástica por parte do TCE -PB

Por - 12 de abril de 2018 - 20:23

A licitação está sendo considerada supostamente fraudulenta e isto levou o Tribunal de Contas do Estado da Paraíba a suspender o processo licitatório .

Suspeita de fraude em licitação de carros no município de Cajazeiras, provoca decisão drástica por parte do TCE -PB

TCE-PB

Uma suspeita de fraude no processo licitatório de carros utilizados pela Prefeitura Municipal de Cajazeiras, havido recentemente, levou o Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE – PB) a suspendê-lo, até que sejam apurados os indícios duvidosos observados pelos auditores fiscais, os quais, os levaram a crer no caráter fraudulento do referido processo.

Na tarde de hoje, o Programa FM Alerta, apresentado pelos locutores Ademar Nonato e Mário Gibson, programa radiofônico exibido diariamente entre o meio-dia às 15:00 horas, pela Rádio Sousa 104fm, denunciou de público que o processo licitatório de veículos, promovido pela PMC (inclusive com carros já em circulação à serviço da edilidade pública municipal) está sob suspeição por parte dos auditores fiscais do TCE-PB.

Neste contexto, o que chamou a atenção dos auditores, fora justamente o fato de que a FORD Cavalcanti & Primo de Cajazeiras – empresa que também concorreu no referido processo, não logrando êxito – denunciou que a empresa vencedora Dical Veículos, também cajazeirense, apresentara em sua proposta comercial, veículos que não estão de acordo com as especificações técnicas exigidas no edital daquele processo licitatório.

Atente-se, portanto, para o fato, de que mesmo o processo tendo sido suspenso pelo TCE-PB, os carros oriundos dele, continuam em livre circulação pelas ruas da cidade, à serviço da PMC.

Diante da gravidade contida na denúncia, o Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, resolveu suspender o processo, até melhor apuração das suspeitas em tese.

Ouçam o áudio do programa de Ademar Nonato, falando a respeito de mais esta polêmica no “Geitu Sertu” de administrar, do desgoverno municipal de Zé Aldemir!

Portanto, resta à população assistir impassível aos capítulos que se seguem em mais esta novela do desgoverno municipal e continuar fiscalizando. Estamos de olho, Sr. Prefeito!

Da Redação.

Notícias relacionadas