Prefeitura de Cajazeiras compra 5 mil facas,unidade do pão a R$ 11 e sabão em pó de 1 litro que custa R$ 30,00; vereador denuncia superfaturamento

Por - 20 de setembro de 2017 - 15:23

Denúncia foi feita pelo vereador Rivelino Martins (PSB) e, segundo ele, vai ser encaminhada aos órgão competentes

Prefeitura de Cajazeiras compra 5 mil facas,unidade do pão a R$ 11 e sabão em pó de 1 litro que custa R$ 30,00; vereador denuncia superfaturamento

O prefeito de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba, José Aldemir (PP) está sob suspeita de superfaturamento de licitações. A denúncia foi feita pelo vereador Rivelino Martins (PSB) na tribuna da Câmara Municipal e, segundo ele, vai ser encaminhada para os órgãos competentes um pedido de instauração e apuração de uma eventual improbidade administrativa. A prefeitura licitou quase R$ 1,8 milhão de pão francês e 12 mil quilos de soda cáustica.

De acordo com dados levantados pelo vereador, durante um pregão presencial, que tinha como objetivo obter registros dos menores preços de itens – alimentícios, materiais de limpeza, higiene pessoal e afins – para as secretarias da prefeitura, foram observados preços muito acima do valor de mercado. Alguns produtos chegam a ter valores superiores a 1000% do registrado em média no mercado.

Duas empresas foram consideradas vencedoras e outras sete consideradas perdedoras dos itens licitados, porém, através da verificação das propostas ganhadoras, foram identificados que diversos preços estipulados pelas vencedoras do pregão e aceitos pelo Município, estão muito acima do valor de mercado, denotando ‘sobrepreço’ o que pode caracterizar um possível superfaturamento.

Na licitação aceita pela prefeitura de Cajazeiras, há produtos como detergente 500 ml vendido a R$ 38,40 (a unidade), com pedido de 12 mil unidades, o que chega a um valor de R$ 460 mil. Outro item que demonstra características de superfaturamento é o sabão em pó de 1 litro que custa R$ 30,00 (o quilograma). Além de utensílios de cozinha, que chamam atenção pela quantidade: 12 mil quilos de soda cáustica, que custaria R$ 226,8 mil, e cinco mil facas peixeiras de 9’ polegadas, que seria o equivalente a quase R$ 42 mil.

O item que mais chama a atenção é o pão francês de 50 g, que está licitado ao valor de R$ 11,90, e com pedido de 150 mil unidades, o que chega a custar quase R$ 1,8 milhão. Preço bem acima do mercado, já que na última pesquisa divulgada pelo Procon, na terça-feira (19), em João Pessoa o quilo do pão francês chegava a custar R$ 6,75.

Redação com informações do Blog Do Gordinho

Notícias relacionadas