Descaso: Grupo de apoio ao diabético de Cajazeiras, denúncia que falta até seringas na Farmácia básica do município.

Por - 1 de agosto de 2017 - 15:06

O GADA publicou uma nota a respeito da situação calamitosa.

Descaso: Grupo de apoio ao diabético de Cajazeiras, denúncia que falta até seringas na Farmácia básica do município.

O Grupo de apoio ao diabético tornou público através de uma nota a situação calamitosa que os portadores da doença estão passando em Cajazeiras. Segundo a nota falta até seringas para que os portadores possam fazer a aplicação regular da insulina. Veja a nota na integra!

Falta de Seringas para pacientes diabéticos em Cajazeiras!

Fato que não pode ser permitido quando na verdade é um verdadeiro retrocesso para assistência municipal de pessoas que convive com diabetes no município de Cajazeiras, contrariando assim a própria Legislação Municipal por meio de Lei n°: 2.241/14 e a Legislação Federa Lei n°:11.347/06.

 Hoje pela manhã recebi de um paciente diabético a triste notícia de que a farmácia popular do município de Cajazeiras não está fornecendo as seringas para aplicação das insulinas NPH e Regular.

O paciente me envio fotografias onde consta a veracidade da informação, e em contato com o responsável o mesmo confirmou a ausência da distribuição da mesma. Fato esse vergonhoso pois como pode um cidadão ficar sem as suas seringas durante todo o mês? tendo que adquirir do próprio bolso e de seus recursos sendo que o Art. 1° da Lei 11.347/2006 estabelece esse fornecimento por meio da assistência municipal.

Seria uma falta de planejamento da administração? O responsável pela Farmácia Básica Municipal nos informou por meio do contato por telefone ás 10:25 que foi realizada uma compra de 2.000 (duas mil seringas), não sendo suficiente para atender a demanda do município, sendo que a maioria dos diabéticos fazem uso das insulinas NPH e Regular inclusive as pessoas da Terceira Idade.

Medidas cabíveis para reparar o caso serão tomadas por nossa associação por meio da legalidade da jurisdição, buscando assim a intervenção do Ministério Público onde também reforçaremos uma denúncia com a falta de fitas de glicemia também recebida por uma usuária que procurou o setor da assistência farmacêutica na manhã deste terça-feira, procuramos a responsável pelo setor por meio de contato telefônico onde não obtivemos êxito, outro instrumento que auxilia no monitoramento.

Cabe a nós como cidadãos de direitos buscar a judicialização é uma Ação Cívil Pública para que essas demandas sejam atendidas sem interrupção, pois o diabético não pode ficar sem sua medicação e seus insumos para monitoramento.

Repudiamos aqui veemente essa atitude da administração municipal e queremos a solução do problema por parte da secretaria municipal de saúde na pessoa da senhora secretaria e seus auxiliares.

Equipe Gada Cajazeiras

Fotos:

Notícias relacionadas