Secretario Executivo de Cultura de Cajazeiras recebe seus vencimentos sem prestar a devida carga horaria. Setores da Oposição já Preparam ação no TCE e MP !

Por - 6 de junho de 2017 - 12:59

Na terra da cultura, secretario recebe seus vencimentos, mas não presta a carga horaria devida pela lei regimental

Secretario Executivo de Cultura de Cajazeiras recebe seus vencimentos sem prestar a devida carga horaria. Setores da Oposição já Preparam ação no TCE e MP !

Cajazeiras tem sido palco de grandes muidos nos seio da administração municipal, e o mais recente  fato é que o Atual secretario de Cultura do município tem recebido seus vencimentos sem cumprir a carga horaria necessária para tal.

O secretario apresenta um programa em uma emissora de Radio Local, de segunda a sexta, das 13:30 as 16:00 hrs. Sendo assim impossível cumprir as 8 horas diárias regimental. Setores da oposição de Cajazeiras já se movimentam para entrar com açoes no TCE e no MP pedindo a devolução ao erário publico dos montantes recebidos pelo senhor Chagas Amaro, como também ações de improbidade administrativa contra o prefeito José Aldemir.

No que diz respeito à carga horária do cargo comissionado, que via de regra o seu ocupante obriga-se ao regime de trabalho integral, qual seja: oito horas, conforme o inciso XIII, do art. 7º, da CF, estendido aos servidores públicos pelo art. 39, § 3o, da mesma Carta. Acresça-se, ainda que, a complexa atividade do cargo de Secretário Municipal, agente político responsável pela gestão dos recursos de sua pasta e coordenação de diversas atividades.

Notícias relacionadas