Gobira cobra promessa de campanha do prefeito de Cajazeiras, denuncia fechamento de escola e dispara:“Povo está arrependido de votar em Zé”

Por - 6 de junho de 2017 - 11:49

Ele cobrou medicamentos na farmácia básica para a “população não sair dos postos de saúde com receita na mão mendigando remédios”.

Gobira cobra promessa de campanha do prefeito de Cajazeiras, denuncia fechamento de escola e dispara:“Povo está arrependido de votar em Zé”

O ex-candidato a prefeito de Cajazeiras, o sapateiro Antonio Gobira, em entrevista a TV Diário do Sertão nessa sexta-feira (2), cobrou o funcionamento dos PSF´s de Cajazeiras no período noturno, que seria promessa de campanha de Zé Aldemir (PP). Ele também cobrou a disponibilidade de medicamentos na farmácia básica para a “população não sair dos postos de saúde com receita na mão mendigando remédios”.

De acordo com o sapateiro, os eleitores estão arrependidos de terem elegido Zé Aldemir prefeito de Cajazeiras. “O que escuto é que a preço de hoje o prefeito seria Gobira”, declarou o ex-candidato, que aproveitou para dá mais uma alfinetada na atual gestão municipal: “Está aí a Secretaria de Cultura que ninguém quer assumir”.

Ele declarou também que a maioria dos secretários é da gestão da ex-prefeita Denise Albuquerque (PSB). “Não teve renovação. Renovação seria com Gobira para dá uma levantada nesta cidade”.

Denúncia
Gobira denunciou que a Banda de Música está fechada mesmo após grande reforma. “Seis meses que está fechada. Prefeito está na hora de começar”.

O sapateiro revelou que chegou a levar a problemática para o atual secretário executivo da cultura, o professor Chagas Amaro que teria afirmado que nada poderia fazer. “Falta autonomia aos secretários. A gestão está amarrada”.

Fonte: Diario do Sertao

Notícias relacionadas